Vamos falar de edição? Parte II

11:30 Gi Milanetto 7 Comments


E depois do blahblahblah, vem a parte útil: pra você que não consegue tirar as suas fotos na luz do dia. Ou você, que não consegue fotografar com fidelidade aquele roxo/azul dificílimo. Talvez pra você, que queria colocar marca d'água e não sabia como. E também você, que não quer pagar pelos softwares e não consegue versões piratas deles. Mesmo pra você, que edita suas fotos, mas não está no próprio pc. Certamente pra você, que começou a ler isso sem pretensão alguma - escolhe uma foto qualquer e vem testar comigo, que o lance é legal!

O namorido mais lindo do mundo me mandou a dica, enquanto eu fazia o primeiro post dessa série, sem saber que eu estava com esse assunto na cabeça: trata-se do Pixlr Editor, um editor de imagens online e grátis.


Eu já conhecia o aplicativo para Android, que se chama Pixrl Express, e que não é tão legal - apenas traz alguns filtros e poucos recursos de ajustes; para celular, gostei do Be Funky, mas isso é assunto para uma próxima vez! -, então desdenhei a versão online. Mesmo assim, acabei dando uma olhada, e me surpreendi com a cara de Photoshop que ele tinha. Resolvi testar com alguma foto, e achei os resultados tão satisfatórios que decidi montar esse tutorial!

Primeiramente, a interface do site e as ferramentas que vamos utilizar:


Para o tutorial, escolhi uma foto antiga do Pandora, Penélope Luz, carimbado. Essa imagem foi tirada com celular, em luz artificial. Originalmente, era assim:


Está com as cores meio esquisitas, muito contraste, pele amarelada, um pedaço escuro no fundo que não devia estar ali - isso atrás da mão é uma almofada, inclusive... Mas as unhas estão nítidas e a carimbada já aparece, isso que é importante. E depois da edição, passou a ser assim:


Então, vamos lá!
Primeiro passo, abrir o arquivo...


Depois, hora de cortar a foto, se houver necessidade. A ferramenta é a primeira da barra. É legal enquadrar o que importa na foto, evitando dedos cortados - não é regra, é só um conselho. Tem imagens nas quais cortes diferentes ficam legais... Depois de definida a área útil, só apertar enter.


O primeiro problema dessa imagem, ao meu ver, é o amarelado. Para corrigi-lo, só ir em Ajustes / Color Balance - serão abertas essas três regulagens, cada uma para uma das cores que compõe todas as outras em tela: vermelho, verde e azul.


O quanto se mexe nessas regulagens varia de acordo com o seu olhar. O jeito é testar e decidir o que fica melhor pra cada foto! Nesse caso, os verdes estavam muito fortes, mas também reduzi um pouquinho dos outros tons.


O segundo ajuste diz respeito ao claros e escuros da imagem. A linha diagonal é responsável pelas alterações - se movida para cima, clareia; se movida para baixo, escurece. Normalmente, uma curva em forma de S, com apenas dois pontos, já deixa a imagem legal. Outra vez, o melhor modo de obter um bom resultado é ir alterando até encontrar uma solução que te agrade.


A curva que eu utilizei foi essa. É empírico, mas realmente acredito que muitos pontos na curva acabam atrapalhando - menos é mais hahah e ainda repetirei essa máxima no final do post...


E agora, julguei que a tonalidade do esmalte não está próxima do que eu enxergo nas unhas. Com a ferramenta de seleção - ou o laço, com o qual é necessário clicar e arrastar a forma, ou o laço poligonal, com o qual é possível clicar várias vezes formando um polígono -, isola-se as unhas. Ao terminar o traçado de uma, é preciso segurar a tecla Shift enquanto se clica na próxima, para que seja feita a seleção de mais de uma parte da imagem.


Neste ponto, tenho como hábito duplicar a camada. Assim, caso não fique bom, posso voltar no passo anterior. Para duplicar o fundo, é só apertar CTRL + J.
Com as unhas selecionadas, é preciso garantir que a mudança de cor se aplicará apenas na região demarcada - vamos criar uma máscara. Para fazê-lo, clique no botão retangular com um círculo no meio, na aba Camadas.


E vamos usar novamente o Ajustes / Color Balance.


...E mais uma vez, confia-se nos olhos para tornar a imagem próxima da realidade.


Especialmente em esmaltes cujo acabamento seja diferente de cremoso, é legal adicionar nitidez. Isso é feito no menu Filtro / Máscara de Nitidez (mantive o cursor sobre o filtro errado na imagem, desculpem-me hahaha). Cuidado para não exagerar nisso, ou a imagem acaba serrilhada.


E as partes que não estão em foco e estão escuras, acabaram ficando um pouco granuladas. Para amenizar esse efeito, seleciona-se essas áreas e aplica-se o Filtro / Desfoque de caixa. Eis outro filtro que deve ser usado com cautela, ou torna a imagem artificial demais.


...E no fim, achei a imagem como um todo ainda muito escura. Voltei no Ajustes / Curvas e mexi novamente.


Nessa esmaltação, não aconteceu, mas às vezes esquecemos algum cantinho borrado, pele levantada, fio de algodão grudado na unha. Esses pequenos erros, que normalmente aparecem apenas nas fotos macro, podem ser corrigidos com as ferramentas Carimbo ou Band Aid. Para exemplificar, dei zoom nesse algodãozinho ínfimo grudado no dedo médio - o zoom é dado no scroll do mouse ou na caixa Navegador, no canto inferior direito, em porcentagem.


Com o Carimbo, segurei o CTRL e cliquei numa região semelhante à que seria o ponto no qual está o pontinho branco.


Depois, cliquei no pontinho branco, e ele sumiu.


O mesmo para o algodãozinho.



O Pixrl ainda permite que se insira textos na imagem, usando qualquer fonte que você tenha instalada no PC.


Por fim, é possível reduzir a foto, já que não há necessidade de manter as imagens muito grandes, se a finalidade for apenas a internet. Eu costumo deixar todas as minhas imagens com 900px de largura, um tamanho excelente.



E por fim, é só salvar! Este editor online não coloca marca d'água no arquivo! Surrealmente bom!


Senti falta de algumas funcionalidades do Photoshop, como poder duplicar numa outra camada apenas a seleção - a máscara supre isso, no entanto -, e os "paths", feitos com a Pen, com a qual é possível colocar um texto no formato da cutícula. De resto, fiquei impressionada - rodou muito bem no meu pc, e segundo o namorido, no pc do trabalho dele também. O único editor online que havia tentado usar foi o do Photobucket, do qual não gostei por ser bastante lento e apenas salvar na sua conta, enquanto o Pixlr não exige nem que se tenha cadastro.

E tem mais muitas opções além das que eu usei para ajustar a minha foto dazunha, e esses ajustes servem pra qualquer imagem! Enfim, se alguém ainda tiver saco de ler mais um pouco, um último conselho que eu mesma não sigo eventualmente:

Menos é mais. Efeitos exagerados tornam as imagens datadas - se os anos 90/2000 foram dominados por fotos com cara de sujinhas, grunge, os 2010 serão lembrados pelos filtros, provavelmente popularizados pelo Instagram. As imagens mais limpas, nítidas e claras acabam sendo atemporais. A textura da pele também é legal, assim como manter o assunto principal da imagem em destaque. Foram três conselhos ao invés de um, fazer o quê...

Quem resolver se arriscar no Pixrl, por favor me mostre os resultados! Qualquer dúvida, só gritar nos comentários!

Espia isso também!

7 comentários:

Oi Gi!

Li os dois posts de edição e só posso dizer que você é o anjo das blogueiras de esmaltes. Não sei quase nada de edição e mesmo assim achei suas dicas fáceis de seguir. Obrigada pela generosidade em dividir sua experiência.

Bjsss, Lizzie.

Gi Milanetto disse...

Aw, Lizzie, que bom! Uma das partes mais legais de se ter algum conhecimento é compartilhá-lo, né... Ainda farei mais alguns tutoriais \o\ Obrigada!

x*

Fabiana Fialho disse...

Adorei os posts sobre edição! Adoro fotografia, mas não entendo nada de teoria. Agora com suas dicas, vou me divertir no feriado!
Assim como a Lizzie, agradeço sua generosidade! Muito obrigada!

Kelly Cris disse...

AMei o post amiga, eu sou uma negação pra tudo isso, mas vou tentar nesse que vc indicou.
Te conto, pode deixar e muito obrigada pela paciência e por dividir o conhecimento.
Beijos

Oiee. Gostaria de saber se qual programa vc indica para colocação de marca d'agua e como vc faz... Criei um blog agora e tô meio crua nisso... hehehehe. Bjos
www.laisacolorindounhas.blogspot.com

Amada Unha disse...

Eu gostaria de saber justamente qual programa usar para escrever no contorno da cutícula...

Eu uso o Pixrl Express, que vergonhaaaaaa! hauhauahaua
Mas ó: eu vou aprender a editar fotos ainda esse ano! =)
Confesso que sou preguiçosa mas já comecei a assistir uns tutos na net...
E que anja vc É! *_*
xero