Outubro Rosa . Pink for October

21:04 Gi Milanetto 18 Comments

Unhas cremosas: duas camadas de Copacabana, L'Apogée, finalizadas com Extra Brilho, Ideal. Unhas foscas: uma camada de Copacabana + duas camadas de Pimenta Vermelha, Mohda. Carimbado na mão esquerda com Pueen 41 e uma mistura rosa clara de esmalte.


Essa é a minha mani de Outubro Rosa deste ano. É o quarto ano consecutivo no qual faço uma mani pra lembrar a campanha: Em 2010, usei o 209 da Hits, em 2011, o Linda da Dote, e em 2012, vários glitters da BBF. Todo ano resmungo sobre o quanto não gosto da cor, e todo ano acabo optando por um rosa parecido com o Copacabana, ou seja - acho que esse é realmente o único tom da cor do qual eu gosto...


O Outubro Rosa é uma campanha pela detecção precoce do câncer de mama conhecida nacional e internacionalmente. O mês ficou conhecido como tal por conta de várias ações relacionadas à prevenção anual que a mamografia traz, inicialmente nos EUA, e posteriormente em vários outros países, e a cor foi escolhida para remeter ao laço cor-de-rosa, usado a partir dos anos 20 como símbolo da descoberta precoce do câncer e das maiores chances de cura que a doença tem, caso tratada em seu início. A atitude mais conhecida do movimento é a iluminação dos monumentos mais característicos de cidades mundialmente conhecidas com luzes rosas. No universo esmaltístico, ficou comum usarmos ao menos um esmalte rosa neste mês, como símbolo de adesão à causa, e também a fim de nos lembrarmos da campanha e do auto-exame, afinal, esmaltólatras também tem que ser saudáveis, né?


Minha escolha deste ano foi essa homa mani com o Copacabana, da coleção Encantos Mil da L'Apogée, e o Pimenta Vermelha, da coleção Matte Shine da Mohda, ambos lançamentos da Beauty Fair 2013. O L'Apogée tem a cobertura parecida com o laranja da coleção - não cobre o branquinho da unha com as duas camadas que eu usei, assim como o 209 e o Linda, tons super parecidos que usei nos outros Outubros Rosas. Ainda assim, é uma cor bem bonita, e meio mutante - puxa prum quase coral super vibrante em iluminações mais amareladas.


Já o Pimenta Vermelha é único na minha coleção - meio jelly, super ralo, com bastante glitter finíssimo e fosco. Creio que fique mais avermelhado se usar um outro esmalte como base, já que não tenho coragem de usar puro, como Tatá o fez.


Usei uma camada de Matt Plus da Big numa das mãos, e não vi diferença, ou seja, o bichinho é bem fosco mesmo. Eu gosto do acabamento, e acho que a Mohda mandou bem nesse lançamento e no redesenho dos vidrinhos - o pincel também é achatado, ótimo de esmaltar.


Carimbei essa estampa beeshinha de corações pra representar o amor-próprio que é necessário pra se manter sempre em dia nos exames de prevenção. Sério, toda menina sabe que chatice que é ficar indo à médico todo ano, mas sinceramente - melhor prevenir que remediar tardiamente. Então, auto-exame, mulherada! E consultas anuais, e mamografia após os 40 - meu médico diz que solicita a partir dos 35, inclusive. Também é sempre bom dar uma passada em dermatologista, e isso vale pra meninos e meninas - fui aconselhada a remover uma manchinha esquisita do braço esses dias ;( Ainda assim, repito, melhor prevenir que remediar.


E vocês, meninas? Exames de prevenção em dia? Botando rosa nas unhas pra fazer parte do Outubro Rosa?

18 comentários:

Complementares diretas . Pôr do sol e Lapa, L'Apogée

00:51 Gi Milanetto 22 Comments

Unhas alaranjadas: duas camadas de Pôr do sol, L'Apogée; unhas azuis: duas camadas de Lapa, L'Apogée, finalizado com Extra Brilho, Ideal. Médio e anelar com película/adesivo xingling.


Essa foi uma daquelas esmaltações nas quais a gente começa não botando muita fé, mas que ao final, se tornam uma das preferidas. Tá certo que não tá dando muito tempo de trocar de esmalte nem de fazer tarefas domésticas, mas já é o sétimo dia dela!


No dia no qual consegui pintar as unhas, após uma semana in natura, tinha esquentado, então queria usar algum esmalte bem aceso. Como ainda não tenho os holos novos da Jade, não tinha nenhum holográfico de tom bem forte em mente, então acabei lembrando dessa película de triângulos, comprada num stand chinês da Beauty Fair, e escolhi os esmaltes a partir dela.


Os triângulos são formados de pontos laranjas e azuis, que são cores complementares - lembram-se do círculo cromático que a gente aprende nas aulas de artes da escola? Serve pra bastante coisa... Normalmente, evito esse tipo de combinação, que é a mais contrastante possível, tal como branco e preto, mas resolvi arriscar. A película serviria pra fazer a ligação entre a minha manicure meio-a-meio, colocada nas unhas gêmeas não gosto muito dessa nomenclatura, mas... E não é que funcionou?


O Lapa é um azul elétrico nacional bem digno. Cobriu bem com duas camadas generosas, secou com um bom brilho e, com extra-brilho, está durando há sete dias. Faria estoque fácil! Comparei-o no disquinho com os outros dois azuis elétricos gringos que tenho, o Butler Please da Essie e o 336, da Kiko, todos com duas camadas.


O Lapa é o mais apagadinho de todos. O Kiko se diferencia imediatamente por ser mais escuro, mas entre o Essie e o L'Apogée, não vi tanta diferença, exceto um teco a mais de roxo no gringo, talvez.

Na mesma ordem da foto anterior: Butler Please, Essie; Lapa, L'Apogée; 336, Kiko.


O Pôr do sol me surpreendeu, inicialmente, por eu ter tido vontade de usá-lo - não sou muito fã de laranja, e o único do qual gostei muito até hoje era bem mais queimado que este - o Bruxelas, da Cora. Os pequenos flakies dele dão um charme à cor, mas o esmalte é não é muito pigmentado, tem uma textura mais jelly - duas camadas não esconderam o branquinho da unha, teriam sido necessárias três.


E agora vamos à película! Na verdade, não sei se é um adesivo, creio ser película pois nas instruções de uso, sugeria-se que fossem fixadas com uma fonte de calor. Como fiz as unhas à noite, quis evitar o barulho do secador de cabelo e apenas colei após ter esmaltado. O resultado foi a caca que se pode ver abaixo...


Mas nada que a Base Glitter + Extra Brilho não pudessem melhorar! Fiz os macros com a cobertura ainda úmida, por isso o acabamento impecável. Ao secar, algumas rugas voltaram a aparecer, mas muito menos que antes da aplicação do finalizador!


Eu costumo gostar mais de algumas manicures e esmaltes após vê-los de pertinho. Essa película com certeza entrou no hall das lindezas do macro! Não são pequenos strass, é alguma tinta com efeito especial. Quando vi essas fotos, super me lembrei de uma caixinha de pasta de dente que tinha algum processo de acabamento que fazia uma circunferência plana parecer tridimensional e espelhada, exatamente como essas bolinhas e comprei a pasta só porque a embalagem me intrigou, confesso. Na foto abaixo também dá pra ver direitinho os flakies do Pôr do sol!


O legal é que, apesar do efeito tridimensional, a unha fica bastante plana! Só não ficou melhor porque não apliquei da forma correta, mas aí é defeito meu, não do chinês da BF que me vendeu hahaha...


No fim das contas, gostei muito da combinação, mesmo ela sendo alegre demais pro tempo frio que voltou a fazer e nem reclamo, adoro friozinho... Foi uma mani que me fez sair da zona de conforto dos tons escuros. As fotos dos outros vidros da coleção Encantos Mil estão aqui, dêem uma olhada!

22 comentários:

Encantos Mil, L'Apogée . espiadela

00:08 Gi Milanetto 9 Comments


 Na Beauty Fair, recebi da Bianca, moça que falou conosco em nome da marca, as três coleções que estavam sendo lançadas. Não sou blogueira de swatches, não domino a arte de fazer a mesmíssima pose com diversos esmaltes, ou de esmaltar e fotografar mais de uma vez por dia, então mostro as cores nas unhas aos poucos, conforme vou usando. E antes de publicar algum post usando alguma das cores da marca, vou fazer um post como esse, com várias fotos dos vidrinhos, o que eu chamo de 'espiadela'.

Resolvi começar pela Encantos Mil, cujos vidros foram batizados em homenagem à cidade do Rio de Janeiro, como dá pra perceber nos rótulos - acho muito legal quando as empresas se preocupam em diferenciar alguma coleção através de algum elemento gráfico no rótulo, e também quando optam por preto ou branco, para manter a legibilidade em todas as cores - ponto pra L'Apogée...

Separei os esmaltes em pequenos grupos. Começando pelas cores quentes diferentinhas!


Tinha batido o olho na coleção e falado, 'ah, ok, mais cremosos', aí fui fotografar com mais calma e fiquei tanto feliz quanto brava - a maioria dos tons tem algum acabamento diferente. Feliz, porque adoro esmalte com alguma coisinha diferente, e brava porque dá maior trabalho pra captar nas fotos.


O Funk é um rosa neon, muito mais aceso que na foto, com partículas furta-cor. Uma graça! Dá uma diferenciada nesse tom, que já é bem comum nas cartelas das marcas nacionais.


O Canga é o que eu chamaria de roxo elétrico, fazendo uma analogia com os azuis elétricos. É daqueles tons bem vibrantes cujo pigmento não costuma ser estável - torcendo muito pra que esse não mude com o tempo! -, que nunca saem na foto da cor certa (editei bem esta pra que ficasse mais próximo do que eu vejo, mas como há diferenças entre os monitores, não posso garantir muita precisão...) e ainda com um shimmerzinho malandro. Um preferido, caso se mantenha assim!


O Areia é um off-white amarelado, com shimmer dourado e pequenos flakies. É ralinho, usaria por cima de algum outro off-white, porque achei o acabamento dele muito digno! Também deve dar uma linda base pra glitter.


Agora é a vez das cores quentes avermelhadas. Como o Praia e o Copacabana fazem jus ao 'cremoso' que carregam no rótulo, não fiz macro deles, mas tentei ajustar a foto para que as cores ficassem fiéis. Adorei o tom do rosa, é mais discreto e elegante... Talvez use-o numa mani de Outubro Rosa!


O Biquíni, esmalte em foco, é um vermelho com um quê de coral, descrito como metálico mas que eu definiria como perolado, ou com shimmer dourado. Bem bola de natal!


O Pôr do Sol é um laranja quente, com mais vermelho que amarelo, cheio de flakies. Não sou fã de laranja, mas gostei bastante dele no meu tom de pele. Foi um dos que usei primeiro!


Agora, os tons frios! Na verdade, o branquinho não é frio, é mais rosadinho, mas pra que não ficasse deslocado, juntei-o aos colegas azulados. O Lapa é um dos tais azuis elétricos, e como não tem acabamentos diferentes, não tem macro. Comparei-o com outros dois gringos que tenho, quer dar uma olhada?


O Samba é um roxo escuro, que não sei dizer se puxa mais pro azul ou pro vermelho, mas é certamente mais escuro e azulado que o Canga. Descrito como metálico, porém não ficam marcas de pincel como ocorre nos esmaltes com esse acabamento, então diria que é mais próximo dum shimmer. Gosto muito desse tom.


O Reveillon é esmalte de noiva HAHAHA... Bem na vibe Renda, com brilhinhos dourados. Fofo pra quem usa francesinha, e pras meninas menos fãs de cores fortes.


Por fim, os tons frios mais claros! Destes, é o Caipirinha quem não é nada além de cremoso, e ainda assim lindo - eu adoro tons de verde mais tristes, como o dele!


Acima, da direita pra esquerda, Mar Azul, azul claro tristinho com shimmer, Água de coco, azul acinzentado com um shimmer dourado lindão, Caipirinha e Carnaval, descrito como metálico e que faz jus ao nome, pelas marcas de pincel que deixa.


Vale a pena olhar a coleção com carinho, são muitas cores bem bonitas, e ao menos o Canga e o Lapa eu iria querer. Alguns surpreendem ao ver em mãos, ou colocar nas unhas. E vocês, de quais gostaram?

9 comentários: