Pavões + Aniversários...

22:10 Unknown 11 Comments

Duas camadas de 336, Kiko + Guilty, Zoya e Silver Bullet, BBF, finalizado com duas camadas de Verniz Extra Brilho, Impala.
Hoje é meu vigésimo quinto aniversário. Eu me lembro de alguns desses vinte e cinco.
De um no qual fiquei emburrada de ter que viajar pra Monte Alto, por conta do casamento de uma prima que mal conhecia. Outro, no qual fizemos festa acampando em chácara. Teve um no qual os meninos da banda e o Povinhu da Pizza me fizeram uma festa surpresa, trocando dinheiro pelo meu "lado cego" - a franja cobria minha visão do lado direito... Muitos, de pequena, no Mamys Burguer, que tinha casa na árvore e hamburguer, provavelmente sucesso porque não tinha Mc Donalds na cidade ainda, ou numa pizzaria. E mais um, no qual fiquei lamentando na frente da tela do ICQ pelo fato da minha melhor amiga ter se esquecido da data. Alguma vez, passei um tempo do dia esperando num consultório médico, e assisti à cena clássica de Ghost na tevê. No último ano de faculdade, quando me fizeram um bolo de pavão... De outro, também na faculdade, no qual almocei sozinha num restaurante japonês pra comemorar. E de uns vários, nos quais trocava religiosamente testimonials do Orkut na data, com a bromance nascida quatro dias antes. Outros vários, que passei com o namorado, só esperando dar meia-noite. Do de quatorze anos, com cinco amigas, batendo cabeça ouvindo rock num quarto minúsculo, e o de quinze, no qual fui assistir ao show do Silverchair como presente. E deste, que passei fechando material atrasado pelas enxaquecas, papeando no Facebook e ouvindo Silverchair, dez anos depois.

Esmaltisticamente, "tive" três aniversários: 2010, de Cosmopolitan, da Colorama - era o esmalte que eu estava há dias, nem tinha me ligado até ir comemorar o aniversário de outra amiga e ver mais ela e umas outras meninas com o mesmo tom nas unhas. Eu já tinha uma coleçãozinha, e fiquei me perguntando por que diabos passei o aniversário de vermelho...


Em 2011, mais espertinha, fiz uma combinação com o Punk, da L.A. Girl, que era o máximo da duocromia que eu havia conseguido até então, e com o Techno da China Glaze - o auge do glitter diferente, hex e holo... Também tirei a foto com a vela, pra contar no Flickr que era meu aniversário...


Em 2012, aproveitei a data pra usar o Across the Universe, da Deborah Lippmann, que desejei o ano anterior inteiro e que foi muito usado como esmalte de aniversário naquela época... E todas essas foram fotos tiradas com o meu celular que só foi trocado neste aniversário...


 Esse ano, foi azul de novo, e com toque pavonístico ryco na real, tou escrevendo esse texto enquanto faço as unhas, não tenho certeza de que vai ficar ryco assim HAHAHA... E vejam só como as palavras tem poder - deu meio errado HAHAHAHAH


As penas de pavão são um water decal dourado, mas como transferi pra unha espelhado, ficou prata, e pra completar a trollagem com a minha pessoa, mudou pra dourado pálido quando passei o top coat. A ideia inicial seria usar apenas o Guilty, da Zoya, com as penas de pavão nos anelares e dedões. Como o desenho ficou prata, misturei o Silver Bullet, da BBF, pra criar a transição. Na mão direita, os water decals ficaram certinhos, e na esquerda, dourado desbotadinho - não menos bonito. Enfim, gostei, apesar dos imprevistos...


O Kiko é um 'azul elétrico', como as amigas chamam. Lindíssimo e meio mutante - agora à noite, parecia mais escuro que nessas fotos -, se passado com amor no coração, uma camada resolve. Como queria algo perfeitinho, usei duas. O top coat de ouro é o Guilty, do lindo kit da Zoya, Guilty Pleasures. Ele foi amor e ódio juntos - o primeiro veio com o top coat de ouro rachado e já seco, e a embalagem murcha. Veio da Maria Gastadeira, e quando o Leo ficou à par da situação, já se ofereceu para me enviar outro, que chegou uns dias antes do aniversário. Já estava com o Midas separado pra usar nessa esmaltação, mas como o Zoya chegou, quis testá-lo.


Sempre ficam uns floquinhos levantados quando uso esse tipo de esmalte. Dessa vez, esperei estar quase seco e apertei com os dedos, sabendo que o top coat tiraria a marca. Gostei muito do acabamento!
A próxima foto é meio esquisita, mas queria registrar os water decals dos dedões... Também deu pra ver bem a diferença do avesso, meio prateado, pro lado correto.


Por fim, as fotos deveras pavonísticas...



E depois de tanta foto e tanta correria no dia vinte e cinco no qual completei vinte e cinco anos, o que muda, pelo fato de ser a data do aniversário? Na verdade, não muita coisa. É um dia que talvez funcione como um ano-novo pessoal - creio que parei pra pensar e lembrar tanto hoje quanto no dia primeiro de janeiro.

Texto enorme e sentimental, perdão HAHAHA

11 comentários: