Vintage, by Dany Vianna . espiadela

20:34 Gi Milanetto 8 Comments

#Chatiadíssima com os Correios, que demoraram pra me entregar essa lindeza, mas...
 Cá estamos com espiadela de coleção nova! Dany acabou de iniciar as vendas da Vintage, um quarteto de esmaltes que estava no forno há uns bons tempos. Vou falar um pouco da ilustração da caixa - nas primeiras, fazia as imagens pro portfólio e tudo, mas fui ficando preguiçosa, acumulando trampos... E como essa ilustra foi bem bacana de fazer, vou comentar o processo dela por aqui mesmo.


Eu queria criar uma cena de tevê, porque à princípio, colocaria uma moldura que lembrasse aquelas televisões antigas. A moldura sumiu durante o processo, mas a cena se manteve. Como referência para a moça, usei uma foto de moda dos anos 50, que é absurdamente linda e gráfica, exatamente como planejava a ilustração. Essa mulher de chapéu que esconde o rosto lembrava muito os meus papéis de carta antigos também... Já para o rapaz, minha referência imediata foi Don Draper, do seriado Mad Men, que assisti descontroladamente nos últimos tempos e estou atualmente em abstinência, que a temporada final sai apenas ano que vem...



O esquema de cores veio do clipe de Tangled Up, da Caro Emerald. Nem lembro como conheci a Caro, mas já a acompanho há bastante tempo e torço pelo dia em que poderei ir a um show dela. Até lá, dêem uma espiada no clipe, que é muito bacana - tanto a música, um tango com uma vibe de Gotham Project, quanto o clipe, que enche os olhos e ativa várias referências dessa designer que vos fala...


Aí um apanhado, sem muitas delongas, dos passos da ilustra - do esboço ao tratamento final, passando pelas ideias de logo. Nota-se que eu quase nomeei a coleção como 'The Vintage Box', porque às vezes eu faço essas coisas com a Dany - amiga tem dessas, né auhehuehuhua - mas no fim, achei só 'Vintage' mais chique, já que a coleção é bem elegante - não é o 'vintage pin up', o 'vintage tons pastel', o 'vintage art noveau', é elegância pura! Os glitters são difíceis de perceber pelo macro dos vidrinhos, porque dão outro efeito quando aplicados, então por agora vocês terão que acreditar nas minhas péssimas descrições...


O Jukebox, nome daquela máquina na qual o pessoal botava uma moedinha e recebia de volta uma música pro ambiente - aliás, preciso comentar o quanto acho isso sensacional, em dias de fone de ouvido... -, é composto de glitters dourados pequenininhos, inclusive poeirinha, vinho e um possivelmente marrom, todos metálicos. Ele é bem carregadinho e mega delicado, bem a cara da Dany. Mas o charme mesmo são os glitters de bolinha pretos, que representam os discos que iam nas jukebox... E esse detalhe não aparece no vidro, apenas nas unhas. Deve ser o primeiro com o qual farei uma mani! A referência a ele na caixinha é fácil de ver - ao lado da moça, tem uma jukebox grandona tocando um jazz maroto...


O Bad Reception é uma coisa linda. Não me lembro direito de como ele surgiu, se eu mendiguei pra Dany fazer um esmalte com efeito de tv fora de sintonia, que cobrisse completamente as unhas, ou se ela fez e eu me apossei do tester. O efeito é bem esse, de tv antiga fora de sintonia, e o charme fica por conta da poeirinha holo, que torna o preto-branco-e-cinza matte mais brilhante. A referência a ele na ilustração ficou no chamuscado da imagem, que apliquei para deixar a cena 'fora de sintonia'.


O Éllégant é o vidrinho dessa coleção cujo macro mostra menos como é o esmalte de fato. Trata-se de um mix de glitters pretos matte, junto da poeirinha holo amor. Como é bem carregado, quase cobre o esmalte de baixo, gerando combinações bastante sóbrias. A elegância e sobriedade foram refletidas na caixa através da moça de chapéu e luvas. A roupa seria preta, mas para garantir destaque à imagem, optei pelo tom de vinho.


Finalmente, o Emerald City, um mix de verdes metálicos estupidamente lindo. Só me falta um anel de esmeralda pra combinar quando for usá-lo HAHAHHA. O vidrinho foi nomeado assim provavelmente por conta do sobrenome da Caro - desde o primeiro clipe dela que mostrei pra Dany, rolou um amor, já que a própria cantora é um retrô com ares moderninhos. Na caixa, duas esmeraldas gigantescas aparecem no cantinho da mesa. Seria um indício de uma proposta indecente?

A caixinha e os esmaltes super combinam com os meus livros de coisa véia, né?
A coleção, como todos os esmaltes da Dany, é super delicadinha, e está caprichada na quantidade de glitter. As tampas também mudaram: agora são douradas, e os pincéis, achatadinhos! Queria dar essa notícia desde a coleção passada, mas minha caixa oficial chegou depois de eu ter feito as fotos e usado os esmaltes. No futuro post do primeiro bonitinho dessa coleção, mostrarei o pincel novo, que é uma delícia de esmaltar. A coleção já está à venda em algumas lojas listadas pela Dany na fanpage da marca. Pedidos diretamente com ela (e etiquetas com o seu nome escrito, um mimo à parte!), somente após o dia 15.

Espia isso também!

8 comentários:

Ainnnnn!
QUE COISA MAIS LINDAAA!
Da arte à composição dos esmaltes: PERFEITOS.
Tô loka pra ver nas suas unhas... *_*
xero

Nanda Cris disse...

Adorei saber como foi o processo criativo, é sempre legal ver as ideias surgindo! Essa coleção tá muito fofa, mas não é 3free né? Aí nem rola pra mim.
Beijos,
Nanda do Maquiada & Esmaltada

Ooown que fofoooos!!! Amei!!!

Beijos

Fascínio por esmaltes

Ju Balbino disse...

adorei ver o processo :)
a coleção ficou toda linda^^

bjs

Gi Milanetto disse...

Ow, obrigada, Pri <3 <3 Vamos ver se consigo postar todos hahahaa
Xêro!

Gi Milanetto disse...

Também adoro ver processo das coisas! Por mim, as meninas postariam de onde veio cada um dos artesanais delas... Poxa, que pena que tu é alérgica ;( Torço muito pra Dany arrumar base 3-free, porque sei que ela tenta um tanto...
x*

Gi Milanetto disse...

São mesmo, né? Muito amor!
x*

Gi Milanetto disse...

Hahaha a coleção é mérito total da Dany, e o dizáin, das belas referências <3
x*