Dahlia, Zoya

10:53 Unknown 14 Comments

Uma camada de Voltage, Monster High + uma camada de Dahlia, Zoya.


Esse Pixie Dust foi o último do seu estilo a entrar na minha compra - queria fechar seis, pra poder pedi-los na caixa linda - e o primeiro a ser usado, ironicamente... Como é um esmalte mais neutro, é bem fácil de combinar, e mesmo sendo de um tom tão banal quanto esse, não passa despercebido por conta do acabamento.


Os Pixie Dust são os texturizados mais suaves que já usei - não incomodam nem enroscam em nada - e também são campeões em brilhinhos que dançam nas unhas eis aquele tipo de definição esquisito, porque não há palavras que descrevam esse tipo de efeito com precisão... O Dahlia não decepciona - os pontinhos prateados conferem um brilho lindíssimo ao esmalte, e fico até um teco menos chateada do meu Some Like it Haute ter sumido - são esmaltes completamente diferentes, mas acho a pegada de ambos meio parecida, além deste Zoya ser bem mais simples de remover e não precisar de extra-brilho.


Como tenho pena dos meus vidrinhos da Zoya, que andam bem difíceis de se conseguir aqui nas nossas terras, usei como base uma camada do Voltage, um preto da Monster High com brilhinhos pratas que cobre numa única aplicação. Uma camadinha do Dahlia é suficiente para garantir o efeito.


Lembro-me de ver bastante gente comentando que 'descansava das cores' usando um nude - pra mim, o melhor descanso possível é um preto, já que este é resultado da ausência de cores... /nerd


Ando num revival de acabamentos pelos quais eu era louca, e diferentemente dos craquelados, não consigo deixar de acreditar que os texturizados vieram pra ficar no hall de preferidos. São muito práticos, por não precisarem de top coat, além de serem fáceis de aplicar, já que não ficam marcas do pincel, e brilham muito!


E vocês, tão fixadas no acabamento quanto eu?


14 comentários: