Magnéticos degradê

10:00 Gi Milanetto 4 Comments


Acho que uma das novidades recentes da esmaltosfera são esses vidrinhos que prometem um degradê fácil. Lembro que quando vi pela primeira vez, foi no Insta de alguma moça, e foi algum desses aí de cima, da Ludurana. De cara já deu pra sacar que eram esmaltes magnéticos com um ímã diferente daqueles que formam desenhos e padronagens, e à princípio nem dei muita bola, porque eu já tenho alguns magnéticos e as técnicas pra fazer degradê evoluíram um tanto nesses últimos tempos - desde o uso das esponjas pra maquiagem, o látex pra proteger a cutícula, a utilização de um pincel e do verso de uma placa de aço... 

Mas conforme eu fui vendo mais fotos, a paixão pelos mags foi ressurgindo em mim. Eu pirei no acabamento desde a primeira vez em que o vi no Flickr, nas unhas de alguém que tinha um Essence muito antigo, usado com o ímã de estrela, e uns tempos depois, várias marcas gringas começaram a lançar esmaltes  com esse acabamento - destas, a Layla é minha preferida, embora alguns da Color Club também me arranquem suspiros (e a coleção digníssima de mags da OPI também mereça uma citaçãozinha aqui).


Por aqui, a Ludurana trouxe o acabamento, e mais tarde, a Impala também. A Ludu, apesar de ter tido problemas com a decantação destes vidrinhos e com a própria divulgação, lançou uma das coleções mais únicas que eu já vi - a Aurora Magnetic, com cores que eram ao mesmo tempo multichrome e magnéticas - lamento até hoje não tê-la comprada inteira, mesmo sendo cara pra época.

Não sei o que rola dentro da empresa, porque não tenho contato nenhum com ela, mas o tanto que aquela coleção não foi bem divulgada, mesmo com o baita potencial que tinha, apareceu nesta repaginada dos esmaltes magnéticos, com a premissa do degradê - agora estão vinculados à uma atriz que deve fazer um baita sucesso entre as meninas acho que eu já tô velha pra cair nessa, são mais baratos (mesmo sendo menos bonitos que os Aurora) e a cartela de cores está linda. Para minha alegria, também não estão mais vindo perfumados.

Como talvez eu não tivesse magnéticos o suficiente, achei que seria uma boa ideia comprar essa coleção na Beauty Fair - vou continuar achando se eu não voltar neste blog daqui uns meses reclamando que todos eles decantaram, como aconteceu com outros vidrinhos da marca...

Da esquerda para a direita: Gold Black, Cana Black, Verde Black, Turquesa Black e Blue Black.
Da esquerda para a direita: Cinza Black, Açaí Black, Violeta Black, Red Black e Marrom Black.
 Mas o revival da minha história com mags não começou exatamente com os Ludu, embora eu quisesse - esses mags já estavam à venda um bom tempo antes da feira, assim como algumas outras marcas que pegaram carona na coisa do degradê. Na perfumaria da minha cidade, os Ludu viviam esgotados, mas coincidiu de eu visitá-la no dia no qual chegaram os Hits e Luxor com esse acabamento. Eu, nas minhas faculdades mentais não-alteradas, comprei um de cada pra testar, buscando ainda cores diferentes das que eu já tivesse. Com isso, meus primeiros "mags degradê" foram o Laura é Feliz, da Luxor, e o Escorpião, da Hits.


Aí, já que eu me vi com esse monte de vidrinho em mãos, por que não fazer um post sobre isso, e falar dos ímãs - que são a real diferença entre essa leva de mags e aquela primeira - e das diferenças entre cores e efeitos?


Os Hits vêm nessa caixinha, que conta com o ímã separado da tampa. Desde a primeira leva de mags, é difícil que alguém use o ímã do próprio esmalte com o qual está pintando as unhas, porque esmaltar e virar o pincel exige um certo malabarismo - é mais fácil usar a tampa de outro mag. Provavelmente pensando nisso, e também em diferenciar o próprio produto dos Ludus, cujo ímã encontra-se na ponta da tampinha, a Hits fez essa versão, com o cabinho.


O ímã dos Luxor, assim como os Ludurana, encontra-se também na tampa, e eu não tenho certeza se desmontei o pincel porque sou bruta ou se isso deveria de fato acontecer - o fato é que o ímã encontra-se apenas encaixado entre o pincel e a capa quadrada do pincel, podendo ser utilizado tanto solto quanto na própria tampa. A marca também propagandeia um "exclusivo sistema magnetic control", que evita pontas pretas - todos os Ludu são nomeados como 'alguma-cor' black, então pressuponho que a intenção da marca é se diferenciar do concorrente.

Então bora dar uma olhada tanto no efeito dos ímãs quanto dos esmaltes dessas três marcas sobre as quais estou comentando... Usei como exemplo pra todos o Gold Black, da Ludurana, porque o vidrinho sem nada impresso e as cores dele facilitam a visualização do formato gerado pelo ímã.


O ímã da Hits, acima, ao meu ver é o que gera maior contraste. É necessário usar as duas mãos pra conseguir gerar o efeito - uma delas precisa segurar o ímã, e a outra é a que está sendo pintada. eu sei que isso parece óbvio, mas na foto a seguir dá pra entender esse comentário.


O efeito do ímã da Ludu é o meu preferido, ao meu ver, é o que forma um degradê ideal. Acho necessários dois vidrinhos para obter o efeito com mais facilidade - um com o qual se esmalta, e outro com o qual se magnetiza. A vantagem é que o vidrinho para se magnetizar não precisa necessariamente estar sendo segurado pela outra mão - eu prefiro deixá-lo em pé, apoiado numa mesa, e aproximar a unha recém esmaltada do ímã, até porque, quando tô pintando a esquerda, sou especialista em estragar as unhas da direita ao pegar algo como o ímã separado da Hits.


O ímã da Luxor parece ser o que gera o degradê mais suave de todos. Meu modo preferido de utilizá-lo também seria tendo dois vidrinhos, um pra esmaltar e outro pra magnetizar, mantendo o ímã dentro da tampa e apoiando o frasco numa mesa, em pé, para aproximar as unhas recém esmaltadas deste segundo vidro.

Da esquerda para a direita: Laura é Feliz, Julia é Sonhadora, Camila ama Dançar, Estela é Forte. Mas eu queria mesmo era um chamado Giovana segura o Forninho...

Como pé-na-jaca pouco é bobagem, eu comprei mais três cores de Luxor na feira, que estão na foto acima, e achei legal mostrar o efeito delas, comparando-as às que fossem mais parecidas. Os meus azuis não são parecidos - enquanto o Ludu é um tom marinho, o Luxor se aproxima de um teal, e o Hits é mais esverdeado em comparação aos dois. Fico devendo a foto comparando o Julia com o Violeta, que não são dupes - primeiro é mais claro e ligeiramente mais arroxeado, enquanto o segundo é mais magenta.

Tanto na foto acima quanto nas abaixo, todos estão magnetizados com o ímã da Ludurana.


Aqui estão comparados os dourados Laura é Feliz e Gold Black, e dá pra notar a diferença na composição deles - o primeiro oscila entre um dourado pálido e um dourado intenso, enquanto o segundo, entre um dourado quente e o preto. Enquanto no Ludu o contraste entre os tons é maior, o efeito degradê do Luxor é bem sutil.


Já na comparação entre Camila ama Dançar e Verde Black, é notável que não rola 'pontas pretas' em nenhum deles, e sim variações de tons de verde. No tom, o Camila é mais próximo do Cana Black, mas a transição de cores é bem diferente - o Cana sim vai do sage green ao preto.

Concluímos com este post que
A. a Gi tem magnéticos pro resto desta vida e das próximas;
B. a composição dos esmaltes é diferente de acordo com a marca, então mesmo em cores parecidas, o resultado do degradê varia (e um pouquinho da variação pode ser culpa do ímã, mas majoritariamente, é da marca);
C. com qualquer um destes ímãs em mãos, é bacana usar os mags mais antigos, se você tiver, e ver como fica.

Espero ter ajudado alguém a escolher o efeito preferido! Meus tons preferidos são da Ludurana: o Cana, o Açaí e o Gold. E os de vocês?

Espia isso também!

4 comentários:

ana disse...

Amei o post, Gi!!! Vamos fazer muitos testes.. sim ou com certeza?
Beijo,
Ana

Ixiii... Já gradientizei com todos os meus antigos e imã de geladeira mesmo, amiga! Kkkk

Eliane disse...

Comprei um da Ludurana, o Turquesa Black, e não usei ainda. Vou usar a ideia da Eva e usar ímã de geladeira, pq não tenho coordenação pra pintar e depois segurar o tampinha perto da unha pra criar o efeito.
Beijo!

ilana disse...

amei o post, Gi!! mesmo nos vidrinhos dá para perceber bem a diferença entre o efeito em cada marca (pena que o filho único da hits não entrou na comparação... mimimi)
eu não conheço a marca Luxor, mas comprei 2 mags da hits (peixes e libra) e 2 da ludurana (cana e cinza), só falta usar...=P